Ensine seu filho a seguir regras

12/05/2018 | Da Redação
Bem-estarBem-estar Destaque
Facebook twitter E-mail Imprimir

Algumas qualidades contribuem com a compreensão de regras

Você já ouviu falar em cérebro executivo? Ele corresponde à capacidade de ter controle, ser flexível e ter boa memória de trabalho, funções essenciais para o aprendizado. Segundo Solange Jacob, especialista em funções executivas do cérebro e Diretora Pedagógica Nacional do Método SUPERA, de São Paulo (SP), as funções executivas consistem em um conjunto de processos cognitivos que se dão no córtex pré-frontal do cérebro.

“Funções executivas são um grupo de habilidades que nos ajudam a focar em múltiplos fluxos de informação ao mesmo tempo, monitorar erros, tomar decisões com base em informações disponíveis, rever planos e, se necessário, resistir à tentação de deixar a frustração nos conduzir a ações precipitadas”, explica a especialista.

Por isso, trabalhar essa qualidade nas crianças pode ajudá-las a seguir regras e ter limites. Confira as dicas da especialista para contribuir com o desenvolvimento dos pequenos.

– Mantenha uma relação positiva com seu filho para ajudá-lo a se preparar melhor para lidar com situações estressantes;

– Seja afetuosa e sensível às necessidades do seu filho;

– Use métodos brandos de disciplina, tais como o diálogo e sugestões, principalmente quando você quiser que ele faça ou deixe de fazer alguma coisa;

– Incentive seu filho a ser independente, ajudando-o em suas atividades somente quando ele precisar;

– Tente manter as atividades domésticas e rotinas consistentes e organizadas;

– Incentive-o a se envolver em brincadeiras sociais de faz-de-conta com outras crianças – especialmente brincadeiras em que ele precise assumir um papel e se adaptar à história conforme ela vai mudando;

– Incentive seu filho a fazer meditação, música, artes marciais, dança, ginástica cerebral ou atividades aeróbicas. Escolha atividades que sejam suficientemente desafiadoras para mantê-lo motivado;

– Pergunte ao professor da pré-escola ou da educação infantil como ele está se ajustando ao participar das atividades diárias (por exemplo, seguir instruções e controlar seus impulsos).