Brinque mais com seus filhos!

21/12/2016 | Da Redação
Bem-estar
Facebook twitter E-mail Imprimir

Estudo mostra que atividades ao ar livre desenvolve a saúde física e social dos pequenos

Quantas vezes você trabalha com sai para brincar ao ar livre com o seu filho? Se você já começou a listar os muitos compromissos que impedem esse momento de lazer, depois de ler esse texto você com certeza vai mudar de ideia quanto a importância desse hábito. Isso porque estudos publicados no International Journal of Environmental Research and Public Health mostrou que as crianças que participam de atividades físicas, como escaladas e saltos, jogos em grupo e atividades de exploração sozinhas apresentam maior saúde física e social. Segundo os pesquisadores, os ambientes de brincadeira onde as crianças “podem correr riscos” aumentam o tempo de jogo, as interações sociais, a criatividade e a forma com que eles vão enfrentar problemas e obstáculos no futuro. Em outras palavras: as atividades ao ar livre promovem saúde e um estilo de vida ativo e desafiador.

Para Moises Chencinski, pediatra e homeopata, de São Paulo (SP), playgrounds que oferecem elementos naturais como árvores e plantas, mudanças de altura e liberdade para que as crianças se envolvam em atividades de sua própria escolha têm impactos positivos na saúde, comportamento e desenvolvimento social. “Esses espaços dão às crianças a chance de aprender sobre o risco e sobre seus próprios limites”, afirma. E para que os resultados possam ser alcançados, o excesso de supervisão por parte dos pais – que na maioria das vezes temem que os pequenos se machuquem – não deve existir. “Monitorar as atividades das crianças pode ser uma abordagem mais apropriada do que a supervisão ativa, particularmente para crianças mais velhas. Considerar políticas, práticas e abordagens ambientais voltadas para o ar livre, onde haja equilíbrio entre segurança e os resultados positivos para a saúde das crianças é o mais recomendado”, orienta.