Acessórios funcionais para levar na bagagem

07/07/2018 | Da Redação
FitnessFitness Destaque
Facebook twitter E-mail Imprimir

Além de práticos, ajudam a manter a forma durante o período de férias

Vai viajar? Então nada de preguiça! É possível praticar exercícios físicos, mesmo longe da academia. Uma das opções para manter o corpo em forma durante esse período é carregar na bagagem alguns equipamentos funcionais que cabem na mala e podem te ajudar a praticar em diversos ambientes. Confira sete itens listados por Damaris Dias, professora de educação física da Smart Fit, e saiba os benefícios de cada um deles:

TRX| A fita de suspensão é prática e pesa muito pouco na bagagem. “É um item prático, compacto e pode ser usado em qualquer lugar. É um equipamento completo, que trabalha todas as regiões do corpo”, explica a professora Damaris. Segundo o especialista, o equipamento trabalha força, resistência, equilíbrio e coordenação motora.

Mini Ball| Segundo Damaris, o equipamento é de fácil armazenamento pois pode ser inflado e esvaziado , o que proporciona mais espaço e menos peso na mala. O item contribui com o ganho de força, equilíbrio estático, além de resistência muscular. “Pode ser utilizado deitado ou em pé. Dependendo do movimento, trabalha adutores, peitorais, glúteos”, comenta Dias.

Disc Sit| O disco trabalha peitoral, membros inferiores, musculatura abdominal e lombar. “É um dos itens usados no pilates e promove grande ativação dos chamados proprioceptores, receptores encontrados mais internamente na musculatura”, afirma a professora da Smart Fit. Trabalha isometria, força, equilíbrio estático e recuperado e também resistência muscular. Uma sugestão é apoiá-lo sobre o chão e efetuar movimentos sobre ele com pés, braços ou musculatura lombar. Trabalha peitoral, membros inferiores, musculatura abdominal e lombar.

Mini Band| A faixa elástica é leve e ocupa pouquíssimo espaço. “Para trabalhar força, resistência e força isométrica, é possível utilizar o produto envolvido nos tornozelos, braços ou apoiado sob um dos pés e utilizando um dos braços para ativar abdutores, glúteos e musculatura abdominal”, explica a professora de educação física.

Escada funcional| Esse item é ideal para ser alocado na mala, pois é dobrável. “Posicionada no solo, o praticante precisa considerar uma sequência de movimentos coordenados no menor tempo possível, aumentando sua dificuldade após o sucesso de cada passagem para trabalhar membros inferiores e superiores, dependendo do movimento a ser executado”, sugere.

Corda| É de fácil manuseio, ajuda a trabalhar a coordenação e promove queima calórica, além de proporcionar agilidade e equilíbrio.

Chapéu chinês| “Compacto e com grande grau de utilização para perda calórica, ele trabalha agilidade, coordenação, potência, velocidade de reação, core e membros inferiores”, informa.