Benefícios e cuidados para treinar no frio

16/04/2017 | atualizado em 17/04/2017 | Da Redação
FitnessFitness Destaque
Facebook twitter E-mail Imprimir

Isso é o mais importante para espantar a preguiça nas estações frias

mulher indo treinar no frio

Como o próprio termo já diz, o resultado do treino é a consequência ou efeito obtido após a dedicação empenhada nos exercícios físicos, fator que não muda de acordo com o clima ou o horário. Porém, essas condições influenciam (e muito!) a disposição para a prática esportiva. “As baixas temperaturas fazem com que as musculaturas fiquem mais ‘atrofiadas’ e também gera mais preguiça. Mas o lado bom é que depois de começar, o treino rende muito mais do que em dias mais quentes”, afirma Márcia Pedroso, professora da Bio Ritmo, de São Paulo (SP).

Para treinar no frio com segurança, é essencial realizar um bom aquecimento e alongar corretamente

Para treinar no frio com segurança, a especialista indica estar bem aquecida e alongada. “É muito importante não trabalhar com cargas excessivas e com impactos antes dessas preparações”, ressalta. E quando o assunto é a modalidade mais indicada para o outono e inverno, Márcia é incisiva: “nessa época do ano exageramos mais na alimentação por conta do corpo gastar mais calorias para manter a temperatura, então o ideal é inserir exercícios com alto gasto calórico e alta intensidade. Insira aulas de alongamentos para evitar lesões!”, aconselha.