Conheça os tipos de abdominal

13/05/2018 | Da Redação
FitnessFitness Destaque
Facebook twitter E-mail Imprimir

Educador físico explica o passo a passo de cada um

Muito se fala dos exercícios abdominais para fortalecer os músculos do abdome e conquistar o tão desejado tanquinho. Mas você sabia que existem vários tipos dessa atividade? Confira abaixo cinco deles explicados por Diego Bellotti, professor da Bio Ritmo Academia, de São Paulo (SP).

Abdominal prancha em isometria | A praticante deverá apoiar os cotovelos no solo alinhados com os ombros e paralelos entre si e deixar a ponta dos pés no chão. Depois, deverá sustentar o tronco não permitindo que o quadril fique em uma altura maior ou menor do que o tronco. Esse exercício é feito em isometria, ou seja, parado, e o abdome deve estar contraído o tempo inteiro. Função de fortalecimento geral do core e de paravertebrais.

Abdominal reto no solo | Deitada no solo com a barriga voltada para cima, deixe os pés próximos ao quadril. Depois realizando força apenas no tronco e abdome, eleve o tronco até ficar na posição quase sentada. Por fim, retorne a posição inicial. Esse exercício fortalece o músculo reto abdominal.

Abdominal infra no solo | Esse exercício trabalha o fortalecimento geral do core. Para realizá-lo é preciso deitar de barriga para cima e segurar em algo, como um pé de mesa. Depois, com os joelhos em extensão, realizar a flexão do quadril (elevar as pernas) até 90 graus, e retornar ao solo. No momento do retorno, os pés não devem tocar o solo.

Abdominal twist | Sentada sobre os quadris, permaneça com a coluna reta, e realize o movimento de rotação do tronco. Como referência, pode manter os braços estendidos à frente do corpo e levá-los para um lado e para o outro (girando). Função: fortalecimento dos abdominais oblíquos.

Abdominal prancha lateral | Assim como a prancha, esse exercício é isométrico, no entanto ele tem a função de fortalecer os músculos oblíquos do abdome e paravertebrais. Deitada de lado, apoie-se sobre um dos cotovelos, e sobre os pés, deixando o quadril na mesma altura do tronco. Fique nessa posição contraindo o abdome. Depois é só realizar do outro lado.