Conheça os alimentos que turbinam a beleza dos cabelos

18/06/2017 | atualizado em 19/06/2017 | Da Redação
NutriçãoNutrição Destaque
Facebook twitter E-mail Imprimir

Eles promovem brilho e maciez, evitando quebra e pontas duplas

mulher analisando cabelo antes de consumir alimentos que turbinam a beleza dos cabelos

Os cremes são muito indicados para deixar os cabelos com mais brilho e saúde, mas existe outra receita que ajuda a nutrir os fios de dentro para fora: caprichar na alimentação. De acordo com Eliane de Pádua, nutricionista de São Paulo (SP), alimentos fonte de zinco – como castanhas, amêndoas, cereais integrais e germe de trigo – são boas opções para o desenvolvimento dos fios.

“Um cardápio pobre em zinco pode refletir na redução do mineral na fibra capilar. Sua deficiência pode causar cabelos finos, quebradiços, sem brilhos e avermelhados”, disse a nutricionista.

A deficiência de zinco pode resultar em cabelos finos, quebradiços, sem brilho e avermelhados

A especialista destaca também a biotina (levedo de cerveja) dentre os compostos que são aliados. De acordo com ela, a substância previne cabelos quebradiços, já que estimula a biossíntese capilar. “Ela pode restaurar os fios, deixando-os sedosos, brilhantes e macios, principalmente em cabelos com déficit desta vitamina. Porém, a ingestão excessiva de álcool, café, ovos crus e antibióticos, comprometem significativamente os níveis de biotina, bem como sua absorção pelo organismo”, comenta Elaine.

O silício, presente na aveia, sardinha e cavalinha, estimula o crescimento dos cabelos, já que auxilia no desenvolvimento das proteínas fibrosas. A deficiência de silício gera cabelos secos, fracos e quebradiços. “Outra boa função é na redução da formação de pontas duplas, já que as principais causas da desestruturação do colágeno é a sua diminuição”, explica.

O consumo de 120 gramas de proteína mais dois copos de água diariamente evitam o ressecamento da cutícula capilar

Elaine recomenda uma colher (sopa) de aveia todos os dias, ou um filé de peixe por semana.  Outro conselho da nutricionista é a ingestão de água. Foi demonstrado em um estudo na Dermatology Clinic que o consumo de 120 gramas de proteína mais dois copos de água diariamente evitam o ressecamento da cutícula (o que previne que a cutícula capilar se abra), isso por conta do aumento da capacidade de retenção da água (hidratação do fio).

“Cabelos sem brilho e ressecados sinalizam cutículas bastante danificadas, devido a diminuição da quantidade de aminoácidos, então a sugestão é beber dois litros de água por dia”, finaliza Elaine.