Colágeno em capsulas ou em pó?

25/06/2017 | atualizado em 27/06/2017 | Da Redação
NutriçãoNutrição Destaque
Facebook twitter E-mail Imprimir

Especialista dá dicas para suplementação e destaca os benefícios da proteína

colágeno

Corpo mais firme e pele mais jovem: esses são alguns dos benefícios que o colágeno pode oferecer para a estética. Mas, além disso, essa proteína também é capaz de proteger os ossos e as articulações.

“O colágeno é uma proteína que o próprio corpo produz naturalmente. Com o avanço da idade, o organismo produz cada vez menos. A produção do colágeno começa a cair por volta dos 30 anos, e vai diminuindo cerca de 1% a cada ano que passa. Dos 50 anos em diante, a queda é bem mais drástica. A produção de colágeno cai para apenas 35%, em média”, explica Natalie Lucasech, biomédica, de São José dos Campos (SP).

De acordo com a especialista, a principal função da proteína é dar sustentação às células, mantendo-as unidas e firmes. Além disso, é o componente proteico essencial de órgãos como a pele, dos ossos, das cartilagens, dos ligamentos e dos tendões.

Opte pelo colágeno em pó hidrolisado, pois a absorção é melhor e mais rápida

Por isso, a suplementação de colágeno é cada vez mais popular. “Nas prateleiras de farmácias e supermercados, podemos encontrar produtos à base de colágeno como balas e bombons de diferentes formatos, águas aromatizadas, barrinha de cereais e até granola”, conta.

Para Natalie, a dica é optar pelo colágeno em pó e de preferência hidrolisado, pois a absorção é melhor e mais rápida. A versão em pó tende a ser mais concentrada. “Procure por produtos enriquecidos com vitamina A, vitamina C e vitamina E, além de zinco, pois esses micronutrientes potencializam a síntese do colágeno, além de apresentarem ação antioxidante”, aconselha.