Dicas de alimentação para quem mora sozinha

11/03/2018 | Da Redação
NutriçãoNutrição Destaque
Facebook twitter E-mail Imprimir

Especialista mostra cuidados necessários para se manter saudável

Se com a rotina já é difícil manter um cardápio balanceado, imagina ter a alimentação em dia ao sair da casa dos pais e ir morar sozinha. Primeiro, porque a responsabilidade de preparar as refeições passa a ser única e exclusivamente sua, o que demanda maior dedicação e tempo. E, segundo, porque nem todo mundo tem familiaridade com a cozinha.

Para Cristina Ferreira, gerente industrial da Superbom, as prateleiras do supermercado estão com cada vez mais opções pensadas para as pessoas que moram sozinhas, por isso, não há desculpas para uma alimentação incorreta ou carente de nutrientes. “Cada vez mais a indústria alimentícia busca atender às necessidades desse público, que deseja combinar conforto, qualidade e saudabilidade em cada refeição”, afirma.

A especialista reforça que o primeiro passo é planejar um cardápio semanal. “Faça uma lista do que pretende comer em cada dia da semana. Para facilitar, pense nas refeições começando pelo prato principal e, a partir daí, escolha os acompanhamentos. Em seguida, faça as compras”.

Confira cinco dicas essenciais para uma dieta nutritiva e prática.

Pense em sua rotina ao montar o cardápio semanal

Faça um balanço das refeições que você fará em casa, seja café da manhã, almoço, lanche da tarde ou jantar, e leve essa quantidade em consideração na hora de planejar o cardápio semanal.

Atenção para a data de validade

Alguns produtos possuem vencimento muito curto, o que fará com que você tenha um prazo de consumo reduzido. Lembre-se disso e evite o desperdício fracionando a compra desses itens à medida que forem acabando.

Escolha alimentos saudáveis

Faça, eventualmente, substituições que enriqueçam e deixem sua refeição mais saborosa: troque o refrigerante pelo suco de frutas, o café pela cevada ou o chá, a margarina pela geleia de frutas, entre outras. “Com essas pequenas trocas, você desfrutará de uma vida muito mais saudável e cheia de disposição”, explica Cristina.

Resista às tentações das guloseimas

Limite-se a comprar o que é necessário, evite os salgadinhos de pacote, bolachas recheadas, chocolates e petiscos, pois na hora da fome, você não pensará duas vezes em optar por esses alimentos em vez de preparar uma refeição saudável.

Utilize o fogão no lugar do micro-ondas

Deixe o micro-ondas para situações mais esporádicas, pois sua forma de cozimento favorece a produção de radicais livres no alimento.  Mas, se for utilizá-lo, nunca esquente a comida em recipientes plásticos, pois isso também aumenta a liberação de toxinas muito prejudiciais ao organismo.