Saiba o que comer antes da corrida matinal

10/04/2017 | atualizado em 13/04/2017 | Gabriela Martins
NutriçãoNutrição Destaque
Facebook twitter E-mail Imprimir

Especialista cita os alimentos que devem compor o café da manhã antes do treino

o que comer antes da corrida matinal

Se para você o período da manhã é o horário ideal de treino, vale a pena caprichar na alimentação. Considerado a refeição mais importante do dia, o café da manhã pode prejudicar ou auxiliar no desempenho, principalmente m modalidades como a corrida. “O ideal é realizarmos uma pequena refeição antes de correr logo cedo. Como a corrida matutina ocorre pouco tempo após acordarmos, uma grande refeição não terá tempo de ser digerida e poderá causar desconfortos. Dependendo da distância da corrida, devemos reforçar a refeição anterior ao café, ou seja, o jantar da véspera da atividade física, para que nossos estoques de energia fiquem abastecidos”, orienta Renata Guirau, nutricionista do Oba Hortifruti, de São Paulo (SP).

O ideal é alimentar-se no café da manhã e dar um tempo para o corpo iniciar a digestão. “O organismo precisa começar a digerir os alimentos e absorver seus nutrientes, que serão usados durante o exercício físico. Em média, deve-se esperar pelo menos 30 minutos para começar a correr, sendo o melhor em torno de uma hora”, explica a profissional. E no cardápio, o mais indicado são alimentos de fácil digestão, energéticos e fontes de carboidratos, como pães, frutas, sucos naturais, água de coco e geleia sem açúcar. Bebidas como chás e café também são bem toleradas e ajudam a dar energia por conta da cafeína, como nos chás verde e branco. Laticínios, alimentos com excesso de fibras, como os pães integrais e as frutas laxativas (mamão, ameixa, abacate) devem ser evitadas. Para quem não consegue tomar café da manhã imediatamente ao acordar e vai correr pela manhã é recomendado ingerir pelo menos uma fruta logo antes de iniciar a corrida. “As frutas têm rápida digestão e dependendo do seu teor de carboidratos vão ajudar no aporte de energia para a corrida. A queridinha nessa hora é a banana, mas melancia, manga e uva também são boas opções”, indica Renata.