Sinais que mostram carência nutricional

09/03/2018 | Da Redação
NutriçãoNutrição Destaque
Facebook twitter E-mail Imprimir

Retenção de líquido está relacionada à ausência de magnésio no organismo

Eis uma realidade: por mais que você tenha uma alimentação saudável e consuma diariamente frutas, verduras e legumes, pode deixar passar despercebida alguma deficiência nutricional. Isso porque alimentos fontes de determinadas vitaminas podem não fazer parte do cardápio ou porque o modo de preparo pode diminuir a quantidade desses micronutrientes.

Um bom exemplo são os legumes cozidos que, quando imersos em água, perdem um pouco da vitamina C, importante para a saúde. De acordo com Gabriela Forte, consultora nutricional da Vitaminas Sundown Naturals, essa carência é popularmente chamada de “fome oculta”, já que a pessoa não assimila essa necessidade direcionada ao seu cérebro.

Segundo a especialista, apesar de alguns sinais clínicos ajudarem na verificação da deficiência nutricional nos indivíduos, é necessário um conjunto de informações para confirmarem essa situação. Portanto, é sempre de extrema importância que o profissional de saúde – juntamente com o indivíduo avaliado – analise o quadro e prescreva o melhor tratamento, caso seja necessária a suplementação nutricional.

Conheça alguns fatores que merecem sua atenção para procurar ajuda profissional:

  1. Pontos vermelhos na pele e nas mucosas, extravasamento de sangue causado por ruptura de vasos, sangramento da gengiva e dor articular podem ser sinais de ausência de vitamina C;
  2. Pele seca e descamada e inflamação nas pálpebras devem ser observadas, pois sinalizam uma provável carência de vitaminas do complexo B. Já os cabelos secos e sem vida, falta de zinco.
  3. Retenção de líquidos, mudança de humor e pouco apetite podem ser um alerta para a falta de magnésio no organismo.