Três dicas para mudar os hábitos alimentares

07/02/2018 | atualizado em 08/02/2018 | Da Redação
NutriçãoNutrição Destaque
Facebook twitter E-mail Imprimir

É essencial não se apegar ao número de calorias e consumir menos industrializados

Se melhorar a alimentação está em seus planos, o primeiro passo é desejar mudar. De acordo com Gabriella Alves, nutricionista da Corpometria, de Brasília (DF), “optar por alimentos mais saudáveis melhora a disposição, o funcionamento intestinal, a qualidade do sono, o raciocínio e até o humor”.Veja algumas dicas da especialista para mudar sua rotina para melhor:

Esqueça as calorias

Elas não podem ser analisadas isoladamente para determinar se um alimento deve ou não ser consumido. “Se o objetivo for emagrecer, o importante é reduzir o consumo de alimentos. A composição do seu cardápio importa mais do que as calorias totais dele”.

Menos industrializados

Eles contêm alto teor de sódio, gordura trans, corantes e conservantes químicos prejudiciais ao organismo. “A dica é sempre levar pequenas porções de castanhas ou frutas para quando a fome apertar”, orienta.

Sem restrição absoluta

Ela é necessária apenas em casos específicos, como os de pessoas que têm diabetes. O radicalismo não é o melhor aliado para quem busca adquirir hábitos alimentares saudáveis e duradouros. A flexibilidade é importante para que seja criada uma consciência diante das melhores escolhas. “A proibição pode levar a um aumento da ansiedade e maior desejo por alimentos indevidos”, finaliza.