Três motivos para consumir barrinhas de castanhas no verão

10/01/2018 | atualizado em 11/01/2018 | Da Redação
NutriçãoNutrição Destaque
Facebook twitter E-mail Imprimir

Garantia de imunidade e saciedade controlada estão na lista de benefícios

castanhas

Quando o verão chega e a temperatura se eleva, muitas vezes o apetite diminui e evitamos comer alimentos quentes ou que pesem no estômago. Porém, se não nos alimentarmos corretamente, a sensação de fraqueza que o calor produz pode piorar ainda mais.

De acordo Klara Rahmann, nutricionista consultora da Enova Foods, neste período é importante, além de beber muito líquido para evitar a desidratação, repor a energia com lanches completos, a fim de garantir ao corpo todos os nutrientes de que ele precisa.

“As barrinhas de castanhas são uma boa opção, porque são completas em macronutrientes, como proteínas e gorduras boas, e ricas em micronutrientes com alto poder antioxidante, extremamente importantes como agentes de defesa no organismo, ainda mais no calor, quando se perde mais nutrientes”, explica a nutricionista. Klara destaca os três principais motivos para ter esse lanche sempre à mão:

Promovem sensação de saciedade prolongada |  A composição nutricional das oleaginosas é excelente para promover saciedade, pois elas são ricas em gorduras insaturadas (gorduras boas), fibras e proteínas, o que torna a digestão mais lenta e estimula a liberação de hormônios responsáveis pela sensação de saciedade. Além disso, devido a sua consistência mais dura, exigem mais tempo de mastigação, fator chave para que o cérebro perceba a saciedade de forma mais eficiente.

Ricas em antioxidantes que aumentam a imunidade | Substâncias naturalmente antioxidantes como vitamina E, selênio, zinco e compostos fenólicos que estão presentes nas castanhas são capazes de combater a produção de radicais livres pelo corpo, o que protege as células de eventuais danos.

Saudáveis e saborosas |  Devido à presença das gorduras boas, as castanhas, além de saudáveis, são também bem saborosas. Por isso, consumir as oleaginosas na versão em barra ou mixes já fracionados é uma boa opção.