Alimentação ácida causa erosão dentária

16/07/2017 | atualizado em 17/07/2017 | Da Redação
SaúdeSaúde Destaque
Facebook twitter E-mail Imprimir

Saiba quais são os hábitos indicados e não indicados para atenuar o problema

mulher no dentista analisando erosão dentária

Já ouviu falar em erosão dentária? O problema é causado por hábitos alimentares muito comuns e agradáveis, como consumir suco detox, café, refrigerante, vinho, etc. Isso porque os alimentos com altos níveis de acidez reduzem o pH da boca de 6,4 para 5,5 e deixa o esmalte “amolecido”, causando o desgaste.

Pra saber se você possui o problema, basta analisar se os dentes apresentam aspecto corroído ou desgastado. Esses são os sinais de início do processo de erosão. Ele é progressivo e destrutivo, pois faz com que o dente perca o esmalte e o tecido duro. Marcelo Kyrillos, sócio diretor do Ateliê Oral, clínica especializada em saúde e estética bucal de São Paulo (SP), explica que no momento em que consumimos os alimentos ácidos, o pH da boca se altera, deixando o esmalte dos dentes vulnerável.

Pra saber se você possui o problema, basta analisar se os dentes apresentam aspecto corroído ou desgastado

Outro fator que pode originar o problema é o refluxo, uma vez que a volta do suco gástrico para a boca também reduz o PH. Muitos especialistas recomendam a ingestão de água alcalina para equilibrar a acidez do organismo.

De acordo com o especialista, escovar os dentes após a ingestão de alimentos ácidos pode ser ainda pior porque a escovação desgasta mais o esmalte e acelera o processo de erosão. Consultas regulares ao dentista, associada aos cremes dentais focados em regeneração da dureza do esmalte, são a chave para uma verdadeira saúde bucal, além de pequenas mudanças de hábitos, como esperar uma hora após as refeições para escovar os dentes.

Em casos mais graves de erosão, Kyrillos aconselha tratamento com fragmento de porcelanas que devolvem o esmalte desgastado.