Crianças merecem atenção dobrada no outono

19/05/2017 | atualizado em 22/05/2017 | Da Redação
SaúdeSaúde Destaque
Facebook twitter E-mail Imprimir

Problemas e desconfortos devem ser controlados e analisados por especialistas

crianças são muito afetadas com crises de rinite

Nessa época no ano os adultos ficam muito preocupados com as doenças decorrentes da poluição e permanência em ambientes fechados. Porém, as crianças são muito afetadas com crises de rinite, sinusite e amigdalite, uma vez que elas têm menor defesa imunológica e, muitas vezes, não conseguem explicar aos pais o que estão sentindo.

Outro ponto que deve ser levado em consideração é a automedicação, que, de acordo com Samanta Dall’Agnese, otorrinolaringologista da rede de centros médicos dr.consulta, de São Paulo (SP), pode agravar os casos e impedir que o paciente investigue mais a fundo o quadro de saúde para receber um tratamento adequado.

A médica destaca que tratamentos direcionados para rinite podem evitar ou amenizar crises de congestão e desconforto nasal e evitar que o quadro evolua para uma sinusite

“Não se atentar aos sintomas é sempre um risco. Uma pessoa que tem crise alérgica com importância, do tipo que interfere nas atividades do dia a dia, trazendo dor de cabeça e congestionamento nasal contínuo, precisa ser avaliada por um especialista”, afirma.

A médica destaca que tratamentos direcionados para rinite podem evitar ou amenizar crises de congestão e desconforto nasal e evitar que o quadro evolua para uma sinusite, por exemplo. No caso das amigdalites, se forem muito frequentes, o profissional e o paciente podem discutir sobre a retirada cirúrgica das amígdalas. Quando bem indicada, a cirurgia é bastante benéfica.