Quatro problemas que afetam a pele no inverno

04/08/2017 | atualizado em 09/08/2017 | Da Redação
SaúdeSaúde Destaque
Facebook twitter E-mail Imprimir

Saiba quais são os sinais que confirmam os incômodos

mulher com toalha na cabeça e em frente ao espelho para analisar problemas que afetam a pele

Falta de hidratação, flexibilidade, elasticidade e envelhecimento precoce são alguns dos sintomas comuns que afetam a pele no inverno. Mas além dos problemas estéticos, essa época do ano também pode facilitar enfermidades no órgão.

Para que você saiba exatamente quais são esses males e sintomas, Pense Leve traz abaixo uma lista detalhada por Michele Haikal, dermatologista de São Paulo (SP). Confira e procure um especialista ao menor sinal do problema!

Psoríase | Trata-se de placas avermelhadas com escamas grossas nos joelhos, cotovelos, couro cabeludo, etc. O problema – que pode afetar o corpo inteiro – é autoimune, crônico e que depende de fatores ambientais como o estresse (alterações do cortisol), frio, banhos quentes, pouca hidratação e, principalmente, falta de exposição ao sol , e pelo ressecamento da pele, para ser agravado.

Dermatite atópica (ou eczema atópico) | É uma alergia crônica, que causa coceiras e lesões mais sérias, podendo formar crostas e soltar secreções. O problema piora no inverno, já que normalmente os pacientes têm uma deficiência de barreira lipídica na pele, fator que se agrava com o tempo seco.

Rosácea | Causada por microvasos na superfície da pele que inflamam, a doença apresenta áreas de flushing (vermelhidão e forte rubor) na pele, lesões granulomatosas, pápulas e pústulas, especialmente nas bochechas, nariz, testa e queixo. Com o tempo seco as micropartículas de poeira e poluição ficam em suspensão no ar e irritam mais esses microvasos espalhando-os.

Xerose cutânea | Esse problema é causado pela falta de água na pele, que pode ser decorrente do envelhecimento (xerose senil) ou por doenças subjacentes, como hipotireoidismo, ictiose e diabetes. A pele pode tornando-se áspera, grosseira ou descamar.