Reconheça se a criança tem problemas auditivos

08/03/2018 | Da Redação
SaúdeSaúde Destaque
Facebook twitter E-mail Imprimir

Especialista lista sintomas de perda da audição

Muitos pais ficam na expectativa para saber se a primeira palavra de seus filhos será “mamãe” ou “papai”, o que rende estímulo e competição harmoniosa na família. Independentemente de qual seja o vencedor, a pronúncia do bebê promove a alegria de todos. No entanto, alguns problemas que passam despercebidos podem atrasar esse processo, entre eles a dificuldade de ouvir.

Mesmo após a realização do teste da orelhinha ― que, atualmente, é feito logo após o nascimento ― os pais devem ficar atentos, porque as crianças podem ter dificuldades para ouvir posteriormente, devido a otites ou medicamentos. Dessa forma, o processo da fala pode ser prejudicado, já que os pequenos aprendem a falar à medida que ouvem os pais e pessoas da família.

“A audição tem papel vital no desenvolvimento da linguagem e da fala, importantes na comunicação e na interação social da criança. A perda auditiva, se não for tratada, pode acarretar uma série de limitações: timidez, retraimento, problemas de aprendizado e relacionamento”, afirma a fonoaudióloga Marcella Vidal, gerente de produtos pediátricos, da Telex Soluções Auditivas.

Conheça abaixo alguns fatores importantes para a percepção de problemas auditivos em crianças, listados pela especialista:

Reação positiva do seu filho aos sons

Até 3 meses | Acordar ao ouvir um barulho forte.

Dos 3 aos 6 meses | Movimentar os olhos e se virar na direção de vozes.

Entre 6 meses e 1 ano | Tentar reproduzir sílabas simples, como “papá” e “mamã”.

De 1 a 2 anos | Falar palavras do cotidiano, interagindo com os adultos.

Sintomas de perda auditiva nas crianças

– Não reagir quando são chamadas pelo nome;

– Aumentar frequentemente o volume do rádio e da TV;

– Ter dificuldades para entender o que as pessoas falam;

– Não conseguir se comunicar direito ao telefone;

– Preferir brincar sozinhas;

– Fazer trocas de fonemas ou cometer muitos erros ao escrever;

– Demorar a compreender as coisas que são ditas;

– Ser hiperativo e/ou distraído;

– Ter dificuldades em manter a atenção.

Dicas para desenvolver o potencial auditivo das crianças

– Escute e fale com a criança desde cedo, não importa se ela não responde. Quando você fala com ela, está mostrando como usar os lábios e a língua;

– Não deixe de cantar para o bebê quando ele estiver acordado. Cante com voz suave, em tom amoroso;

– Leia para o bebê. Nada estimula mais a criança do que escutar você falar. Os livros ilustrados com figuras e desenhos complementam esse estímulo e são ótimos para desenvolver as habilidades infantis.