Três cuidados para evitar a desidratação em idosos

15/03/2017 | atualizado em 17/03/2017 | Gabriela Martins
SaúdeSaúde Destaque
Facebook twitter E-mail Imprimir

As dicas devem ser seguidas o ano todo, inclusive nas estações frias

Os idosos precisam de atenção a todo o momento. Alguns cuidados básicos, como a ingestão de água, são essenciais para que eles sejam mais saudáveis. A desidratação pode levar a diarreia, vômito, fadiga, tontura, dores de cabeça e sonolência, fatores que podem comprometer a qualidade de vida. Por isso, veja abaixo três dicas importantes de Jacques Nunes, geriatra e diretor clínico do Grupo Hospitalar Vida’s, de São Paulo (SP), que devem ser seguidas de janeiro a janeiro – mesmo nas estações frias.

  1. A hidratação é o passo mais importante para manter o idoso saudável, pois a não ingestão de líquidos pode levá-lo a desidratação, que é causa de morte em alguns casos. No entanto, aqueles que possuem insuficiência cardíaca ou renal não podem ingerir líquidos em grandes quantidades.
  1. É importante o uso do bloqueador solar fator 50, para evitar insolações e queimaduras pela pele. Vale lembrar que para pacientes com deficiência física, o uso de bloqueadores em spray é indispensável.
  1. O maior erro dos idosos é usar muitas roupas e não se hidratar adequadamente, por isso, é preciso atenção redobrada, para evitar doenças que podem acarretar em graves complicações na saúde.