Urticária pode ter diferentes causas

07/08/2017 | atualizado em 09/08/2017 | Da Redação
SaúdeSaúde Destaque
Facebook twitter E-mail Imprimir

Os corantes e aditivos alimentares são os menos comuns

mulher coçando pescoço para ilustrar matéria sobre urticária

A urticária crônica é mais comum em crianças em idade escolar e, geralmente, desencadeada por alimentos, medicamentos e infecções. Quando o assunto é alimentação, as crianças pequenas são mais afetadas por leite de vaca, ovo, soja, amendoim e trigo, enquanto que as maiores apresentam reações a frutos do mar, nozes e castanhas.

Analgésicos, anti-inflamatórios, antibióticos e contato com vírus e bactérias também contribuem para o problema. Embora muito lembrada, a urticária causada por corantes e aditivos alimentares não é comum.

“Em algumas crianças, a combinação entre a infecção viral e o uso de medicamentos – principalmente os analgésicos e anti-inflamatórios não hormonais (AINH) – podem desencadear o quadro”, explica Solange Valle, especialista do Departamento Científico de Urticária da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI), do Rio de janeiro (RJ).

Em algumas crianças, a combinação entre a infecção viral e o uso de medicamentos – principalmente os analgésicos e anti-inflamatórios não hormonais (AINH) – podem desencadear o quadro

O diagnóstico é clínico, ou seja, se baseia na avaliação feita pelo médico, levando em consideração a história, exame físico e, se necessário, exames complementares.  Não há um teste ou exame definitivo para fazer o diagnóstico da urticária.

Geralmente é avaliado tempo de início, frequência e duração das lesões, presença de outros sintomas, edema (inchaço), outras alergias ou infecções, ingestão de alimentos, relação com agentes físicos ou exercícios, uso de medicamentos, estresse, entre outros.

De acordo com a especialista, o tratamento consiste em identificar e remover a causa, combater agentes infecciosos, parasitários e doenças associadas. O uso de anti-histaminicos podem ser administrados para tratar a urticária.