Espinha nas costas merece tratamento

Dermatologista explica porque este tipo de acne surge e dá dicas de como evitá-la

A acne nas costas é tão comum que até ganhou um apelido da imprensa americana: bacne, ou back acne. “As espinhas só não podem se formar nas palmas das mãos e dos pés, porque estas são as únicas duas áreas no corpo que não possuem glândulas sebáceas”, esclarece Claudia Marçal, dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da Academia Americana de Dermatologia (AAD), em Campinas (SP).

Cuidados específicos

De acordo com a médica, a acne nas costas não atinge apenas adolescentes— também é frequente em adultos. “A automedicação com anabolizantes para hipertrofia muscular e fórmulas ricas em proteínas e aminoácidos estão ligadas ao aparecimento da acne nessas regiões”, afirma. No entanto, há uma ligeira diferença entre a que surge no rosto e no corpo.  “A pele nas costas tem poros maiores, mais propensos a ficarem entupidos. Por isso é importante procurar produtos especificamente formulados para o corpo, mas com o mesmo cuidado que temos no rosto”, comenta a dermatologista.

A seguir, veja outras dicas de como tratar o problema.

1) Use um sabonete líquido com pH balanceado | Escolha um produto de limpeza adequado as suas necessidades e procure fórmulas com ativos como a vitamina A, para incentivar a renovação celular, além de antioxidantes e hidratantes.

2) Retire as bactérias imediatamente | Após o treino, não espere chegar em casa para tomar banho. “O suor pode despertar bactérias causadoras de acne”, afirma Claudia. “O ideal é tomar banho logo após o treino.”

3) Jamais esprema | “Nem aperte ou manipule as espinhas porque isso aumenta a chance de formação de uma cicatriz ou mancha”, afirma a médica.

4) Invista na esfoliação corporal | Ela é essencial para a renovação da pele e desbloqueio dos poros.

5) Cuidado com certos produtos | Reconsidere o uso de itens perfumados de lavanderia, como amaciantes de roupas. Eles podem causar irritação e secura na superfície da pele e desencadear a inflamação. “Xampus, condicionadores e produtos de tratamento contêm ingredientes comedogênicos (que obstruem os poros), como lauril sulfato de sódio”, afirma a médica. Esses ingredientes, além lanolina, petróleo ou petrolato e derivados de silicone também podem causar irritação da pele.

6) Visite um médico | Se a acne não responde ao tratamento em casa, procure um especialista. A intervenção precoce é a melhor forma de prevenção contra cicatrizes.