A importância do perdão

O sentimento é fundamental para encerrar ciclos e dar início a novas fases
Closeup portrait young girl gesturing with clasped hands, pretty please with sugar on top, isolated grey background. Positive emotions, facial expressions, feelings, signs symbols, body language

Perdoar não é uma tarefa fácil, no entanto guardar mágoas pode fazer com que você sofra com sentimentos que impedem o seu desenvolvimento pessoal, como tristeza, insatisfação e insegurança. Sem contar que isso faz com que outras situações indesejadas sejam atraídas.

De acordo com Duda Prestes, repadronizadora neurológica, da Akademia da Mente, de São Paulo (SP), o perdão tem função libertadora. “Ao perdoar ao próximo e a você mesmo, a sua vida ficará mais leve, mais feliz, melhor. Você focará nas coisas que realmente importam ao seu crescimento espiritual, moral, mental”, afirma. A partir do momento que existe o perdão, o foco da vida muda e tudo é melhor direcionado.

Para a especialista, a única forma de iniciar um novo ciclo é encerrando o anterior, acabar com situações e sentimentos mal resolvidos relacionados à saída de um emprego, a perda de uma pessoa querida, ao término de um relacionamento, etc. Nada que venha a seguir será bem aproveitado enquanto houver pessoas a serem perdoadas, especialmente a si próprio.

“Lembre-se de que a Lei da Atração mostra como somos responsáveis por tudo o que acontece à nossa volta. Ainda que você não deseje conscientemente algo que está acontecendo na sua vida, saiba que o seu inconsciente está atraindo essa situação. Nossa vida é um reflexo do que sentimos, da energia que emanamos às pessoas à nossa volta”, explica Duda.

E para encontrar a verdadeira felicidade e avançar ciclos, ela aconselha deixar para trás os sentimentos negativos, os pensamentos que atrapalham o fortalecimento, as emoções que aprisionam, os medos, as inseguranças e as dúvidas.