Amamentação é boa para a mamãe e o bebê

12/09/2018 | Da Redação
Bem-estarBem-estar Destaque
Facebook twitter E-mail Imprimir

O ato garante os nutrientes essenciais para o crescimento saudável da criança

Considerado o alimento mais completo para o bebê, o leite materno contém água, gordura, proteínas e vitaminas em quantidades adequadas para o seu desenvolvimento. Além disso, o aleitamento também proporciona benefícios à mamãe, já que diminui os riscos de manifestações cancerígenas nos seios e ovário, e ajuda na perda do peso acumulado durante a gravidez.

O Espaço Gestar, um ponto de encontro exclusivo para gestantes para a troca de informações, localizado em São Paulo (SP), listou mais motivos que tornam esse ato tão importante e fundamental:

– O leite materno fortalece a imunidade do recém-nascido, pois contém células de defesa em sua composição que são capazes de proteger o organismo do bebê;

– Amamentar diminui o estresse e aumenta o vínculo entre a mãe a criança;

– O leite materno é o melhor alimento para o intestino do neném;

– Bebês alimentados exclusivamente com leite materno nos 6 primeiros meses de vida têm menos chances de desenvolver alergias e doenças como asma e rinite;

– O leite materno previne as cólicas no bebê;

– O movimento realizado durante a amamentação é extremamente benéfico para a dentição e a fala da criança;

– Além de diminuir os ricos de câncer de mama, amamentar também minimiza as chances da mulher desenvolver osteoporose, anemia, doenças cardíacas, depressão  e hemorragia pós-parto.