Conheça três ervas que proporcionam bem-estar

Elas podem auxiliar nas transformações da vida, baseadas nos conceitos da Fitoenergética

No Brasil, as plantas são aliadas quando o assunto é buscar melhorias na saúde. E isso é uma questão cultural: uma pesquisa da Universidade Federal do Amazonas indicou que 97,7% dos entrevistados utilizam plantas para fins medicinais regularmente. Se você também acredita no poder que a natureza pode oferecer para o bem-estar, anote a dica de Patrícia Cândido e Bruno Gimenes, terapeutas holísticos desenvolvedores da Fitoenergética, sistema natural de cura, equilíbrio e elevação de consciência por meio da energia das plantas.

Alecrim | A planta permite acessar os registros da alma, conforme explica Patrícia. “Ele libera traumas, medos e outros aspectos negativos que estão adormecidos”. A partir desta liberação, a erva gera vontade de mudar e conhecer o novo. “Esta planta também incentiva a pessoa a ter sabedoria para viver e amar, e pode ser utilizada em forma de chá ou de tempero, por exemplo”, sugere.

Cravo da Índia | A Fitoenergética mostra que esta especiaria estimula a concentração e aumenta a capacidade de concentrar energia para materializar sonhos quando usada em forma de infusão ou tempero. “Ele abre a mente para enxergar o todo, estabilizando-a e estimulando a busca interna de respostas para as suas dúvidas”, explica Bruno Gimenes. Segundo o especialista, o cravo gera clareza nos pensamentos e aguça o senso de observação.

Dente-de-leão | Famosa por crescer facilmente em diversos locais, esta planta estimula as pessoas a agarrarem as oportunidades da vida. “Consumir o dente-de-leão em forma de chá, por exemplo, nos ajuda a encontrar felicidade naquilo que temos e no que somos”, destaca Patrícia. Bruno lembra que esta planta medicinal ajuda a valorizar tudo e todos, elevando a autoestima e gerando mais humildade e gratidão. A planta também favorece o viver de forma simples e sem complicações, explicam os especialistas.