Dicas para melhorar a autoestima

Especialista mostra o caminho para você se sentir mais bonita e confiante

Apenas 4% das mulheres se mostraram satisfeitas com a sua aparência em uma pesquisa realizada pela Sociedade Psicanalítica Britânica, que estuda o comportamento feminino. Isso não significa que existam muitas coisas a serem modificadas para alcançar a perfeição, mas que falta autoestima na maioria das mulheres.

Para Cátia Damasceno, coach de relacionamento e criadora do programa Mulheres Bem Resolvidas, é fundamental que a mulher dê importância e valorize a forma como ela se vê. “Entender suas limitações e qualidades e superar obstáculos é de suma importância para a base da autoestima feminina”, conta. A especialista preparou algumas dicas para as mulheres resgatarem a autoestima e sentirem-se ainda mais lindas e confiantes. Acompanhe!

Conheça a si mesma | Para se conhecer melhor, Cátia sugere que as mulheres façam uma lista com todos os pontos positivos que possuem. “Pense em suas relações profissionais, familiares, amorosas. No que você é maravilhosa?”, questiona. Ela explica que este é o primeiro passo, pois assim, os pensamentos ruins e as autocríticas podem ser rebatidos com qualidade.

Peça reforço | A especialista conta que vale a pena pedir a opinião daquelas pessoas que realmente se importam. “Peça elogios e os aceite! Sempre que alguém disser algo positivo sobre você, agradeça e acolha aquelas palavras”, sugere. A especialista conta que, desta forma, os elogios passarão a ter real sentido.

Desapegue dos padrões | A especialista aconselha que as mulheres libertem-se dos padrões de beleza e valorizem suas qualidades. “Valorize seus cabelos, seus olhos, seu corpo, sua inteligência, sua boa conversa: são estas características que fazem você ser quem é, e são elas que podem torná-la uma mulher maravilhosa”, ressalta.

Não se prenda ao passado | Ficar contando e relembrando histórias costuma ativar algumas percepções erradas. Isso porque as mulheres costumam lembrar apenas das falhas. “Foque no presente, pense em quem você é agora, e se atente ao que é possível fazer com o futuro” aconselha.

Tenha coragem para agir | A mulher tem que fazer tudo aquilo que sente vontade, sem se preocupar. “Quantas roupas você deixou de vestir por achar que não eram adequadas para você? Quantos homens você deixou de paquerar por achar que eram muita areia para seu caminhão? Esqueça esses pensamentos negativos”, afirma. De acordo com a coach, assim é possível conquistar muito espaço no mundo por sua coragem.

Mantenha o equilíbrio emocional | Quando a mulher tem boa autoestima, ela consegue manter o equilíbrio emocional. “Elas não se frustram tão facilmente com o que dá errado. Sabem que são capazes de vencer as batalhas” exalta.

Desapegue da aprovação | A autoestima permite que as mulheres não sejam dependentes da aprovação dos outros. “Você nunca mandou uma foto com a roupa que iria usar em um encontro para uma amiga avaliar antes?”, questiona. Segundo a especialista, quando a mulher está confiante consigo mesma, importa apenas como ela se sente.

Cultive bons pensamentos | Os sentimentos negativos não colaboram em nada para a autoconfiança. “Quer realmente saber como melhorar a autoestima? Abra espaço para os pensamentos positivos, tanto sobre si mesma quanto sobre os outros” declara Cátia. Ela completa que, embora essa dica pareça estar relacionada a temas esotéricos, faz toda a diferença.

Faça sua parte | Melhorar apenas os pensamentos certamente contribui para a autoestima, mas Cátia conta que existem momentos em que as mulheres precisarão tomar alguma atitude e não se acomodar. “Está muito incomodada com seu peso? Entre na ginástica! Seu cabelo é um problema? Busque novos cortes e penteados!” ensina, destacando que todas as mulheres precisam encontrar tempo para cuidar de si mesmas.