Como criar um cantinho verde no escritório ou em casa?

Arquiteta dá dicas de como escolher plantas

Plantas e flores são sempre bem-vindas. “Além de incrementar a decoração e levar referências de natureza ao espaço, elas proporcionam uma sensação de aconchego”, explica a arquiteta Laura Lopes, da Arqsol, de Belo Horizonte (MG). E tem mais: uma pesquisa da Universidade de Queensland, na Austrália, mostrou que espaços verdes em escritórios aumentam em 15% a produtividade. Por isso, seja no lar ou no trabalho, apostar num canto com plantas e flores é sinônimo de benefícios e sucesso.

Como montar um cantinho verde?

A dica inicial é analisar o espaço disponível. Será na varanda? Perto de uma janela? Bate vento? O local tem ar-condicionado? Há incidência de luz solar? Isso vai ajudar a escolher o melhor tipo de planta para colocar em cada ambiente.

No trabalho

É aconselhável evitar plantas que demandem muito cuidado. Prefira as mais resistentes e que não precisam de muita luz. Além disso, por conta do ar-condicionado, a escolha tem de ser por espécies que retêm mais a água, já que a climatização tira a umidade do ar. “Boas opções são suculentas, cactos, espada-de-são-jorge, ciclanto, cróton e palmeira-leque”, diz Laura.

Em casa

Orquídeas, em geral, não precisam ser regadas com muita frequência e se adaptam a diferentes ambientes, além de serem lindas. Vale apostar também nas suculentas, bromélias, samambaia, árvore da felicidade ou beijinho, também conhecida como maria-sem-vergonha.

Opção moderna

Jardins verticais estão em alta. “Você pode colocar uma tela para pendurar os vasos ou então colocá-los diretamente na parede”, ensina Laura. “Se o espaço for muito grande, será preciso um sistema de irrigação automático”.  Para montar um jardim vertical é importante pensar no movimento, nas cores e nas texturas. As samambaias, por exemplo, são ótimas, além de serem fáceis de cuidar e baratas. Outras opções são chifre-de-veado, ripsális, peperômias, columéias e barba-de-serpente. “Compre as plantas já no tamanho adequado, não espere elas crescerem. E prepare-se para a manutenção”, alerta a arquiteta. Quando a planta ficar feia, com a folhagem seca, substitua os vasos. Coloque uma planta da mesma espécie e que esteja bonita no lugar.

Artificial, sim!

Esqueça o preconceito com as plantas artificiais. Hoje, já existem técnicas de preservação de flores naturais que as mantêm perfeitas por muito tempo. A especialista ainda ensina um último truque para dar um ar de natureza a ambientes sem sol ou ventilação: colocar quadros com imagens de folhas na parede ou prateleiras. Para criar harmonia, escolha mais de um quadro com folhas diferentes e coloque-os juntos.