Conheça as causas da queda de cabelo

Problema pode ser desencadeado por fatores que vão do estresse até doenças da tireoide
Hair loss. Depressed young woman looking at her hairbrush and expressing negativity while standing against mirror

A mulher que nunca se sentiu desesperada ao ver fios de cabelo caídos no chão do banheiro ou emaranhados nos pentes e escovas, que atire a primeira pedra! No entanto, geralmente não há motivo para tal angústia, afinal, a queda de até 100 fios por dia é completamente normal. Agora, se a quantidade passa desse valor ou há uma alteração no volume e espessura dos fios, é importante procurar um dermatologista. As causas desse problema são diversas, podendo ser desde estresse, até infecções no organismo, anemia e doenças da tireoide. “Alterações hormonais decorrentes da menopausa, uso de anabolizantes e, pasmem, até alguns anticoncepcionais com efeito androgênico podem causar ou potencializar a queda. Carências de vitaminas, principalmente a D, alterações tireoidianas, doenças autoimunes, anemia, estresse agudo, uso de mega hair, alisamento e causas genéticas também podem estar implicadas. Por isso a queda de cabelo não deve ser negligenciada e deve ser sim investigada e tratada. Como qualquer outro distúrbio, os resultados são sempre melhores quando um médico inicia o tratamento no início do quadro”, explica Renata Sampaio, da Cliniqderm, do Rio de Janeiro (RJ).

E os tratamentos também são diversos e devem ser indicados de acordo com a causa do problema. Os métodos mais comuns são uso de shampoos especiais; medicamentos simples, como vitaminas; tratamentos clínicos; e até remédios tópicos indicados por um dermatologista. Mas, para quem já sofre com o problema e se incomoda com os espaços em branco, Renata indica o Low Level Laser Therapy (LLLT), tratamento lançado recentemente no Brasil, que utiliza lasers de baixa intensidade para aumentar a atividade celular e a proliferação do folículo piloso e, consequentemente, promover um cabelo mais grosso saudável e com vida. “Com ele podemos tratar alguns tipos de queda capilar além de promover a melhora da qualidade do fio e volume em pacientes que buscam apenas deixar os cabelos mais fortes, bonitos e saudáveis!”, completa.