Sete dicas para quem busca emprego

Coach ensina a ser mais assertivo na procura por uma vaga

Ir atrás de trabalho por um longo período sem sucesso gera efeitos profundos. “Uma pessoa recusada em dezenas de seleções e entrevistas passa a duvidar da sua capacidade e talento. Ela se torna insegura, desmotivada, e perde uma importante competência: a autoeficácia, que é a confiança em si mesmo”, conta Marcelo Bueno, master coach e associado da SBCoaching, de São Paulo (SP).

“Quando entra neste ciclo, o profissional não consegue dedicar suas energias para mostrar competências técnicas numa entrevista”, completa. O coaching é um método que pode ajudar a sair desse ciclo.  Veja, a seguir, algumas dicas.

1) Trabalhe suas crenças limitantes | As afirmações e ideias que generalizamos e nos impedem de entrar em ação – por exemplo, “o país está em crise”, “sou só mais um na fila”, etc – podem ser trocadas por crenças fortalecedoras. Para isso, pergunte-se: o que eu posso fazer para me diferenciar e encontrar o emprego que eu desejo?

2) Trabalhe o seu estado emocional | Crie uma “âncora”. Pense no estado emocional que você deseja (por exemplo, confiança). Depois, invente um movimento em alguma parte do corpo (fechar a mão e apertar, tocar no pulso, bater na perna). Feche os olhos e procure se lembrar de uma situação em que você viveu o estado emocional escolhido. Relembre os detalhes daquele momento, ao mesmo tempo em que ativa a ancoragem repetindo o toque várias vezes. Sempre que precisar ativar este estado emocional, use este estímulo.

3) Seja específico | Pense em todos os detalhes de como seria o seu “ponto de chegada”: como você se sentiria? Como seria seu dia a dia? Como se relacionaria com seus amigos e familiares? Quais seriam suas tarefas? O que teria que não tem hoje? A partir daí, você pode evoluir para a avaliação do caminho a ser percorrido. Para se ter o emprego dos sonhos, o que você precisa? Vestir-se melhor, mudar sua postura, fazer um novo currículo, algum curso? Por fim, calcule o tempo que cada etapa deverá durar para ser executada, com data exata.

4) Eleja prioridades que sejam simples mas tragam resultados | Não se trata de fazer qualquer coisa apenas por fazer – é eleger aquilo que o leva mais próximo do seu objetivo. Um curso gratuito na internet, por exemplo. Pare e pense: “O que eu posso fazer que seja rápido, fácil e traga grandes resultados?”.

5) Mantenha a mente positiva | Exercite a gratidão criando uma lista de 10 coisas pelas quais você é grato. Leia essa lista todos os dias.

6) Conheça o seu propósito de vida | Escreva sobre ele. Qual é o legado que você gostaria de deixar?

7) Cuide da sua linguagem corporal | Perceba como está seu olhar, seu sorriso, sua expressão ao procurar emprego, a posição dos seus ombros e sua postura. Muitas vezes, você pode passar a ideia de derrota e desistência apenas pela maneira com que conduz seu corpo.  Lembre-se da sua postura e expressão de quando se sentiu vitorioso, alegre, entusiasmado.  Com isso, você cria foco e se coloca como se já estivesse entrando para trabalhar naquela empresa.