Benefícios da gordura do leite

Sem exageros, essa gordura só traz vantagens para as crianças

Vivemos uma epidemia de obesidade infantil em todo o mundo. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), em torno de 41 milhões de crianças menores de 5 anos apresentam excesso de peso e, no Brasil, de acordo com o IBGE, estima-se que um terço das crianças brasileiras (33,5%) apresenta sobrepeso ou obesidade.

Contudo, evitar a gordura totalmente não significa, necessariamente, ser mais saudável. “A gordura é uma excelente fonte de energia para o corpo, fornece 9 calorias por grama, e, apenas se consumida em excesso, pode ser acumulada pelo corpo e, assim, pode trazer problemas de saúde”, diz a nutricionista Ana Paula Del’Arco, consultora da Associação Brasileira de Laticínios (Viva Lácteos).

Multifunções
A gordura proveniente dos lácteos (alimentos à base de leite) tem sido alvo de diversos estudos científicos recentes que apontam para a inexistência de evidências consistentes entre o consumo de lácteos e o risco de doenças cardiovasculares – pode haver, na verdade, um efeito protetor para a saúde.

Além de serem excelentes fontes de energia para o corpo, as gorduras também exercem funções vitais no organismo, como a regulação da temperatura interna do corpo, a produção de hormônios reguladores, a proteção interna dos órgãos em casos de choques mecânicos e o transporte de diversas substâncias e vitaminas para todo o organismo.

Para os mais jovens
Em crianças e adolescentes, o leite e seus derivados entregam inúmeros benefícios. Estudos apresentam evidências de que o consumo de leite está inversamente associado com o risco de excesso de peso (sobrepeso e obesidade) na infância, além de fornecer nutrientes essenciais para o crescimento adequado das crianças. Para elas, a melhor pedida são os lácteos em sua versão integral, pois além dos benefícios da gordura, são uma das principais fontes de vitamina A para os pequenos.