Dez dicas para estimular a criança a comer de tudo

Envolvê-la com as receitas é uma das maneiras

Muitos pequenos não gostam de comer. Por isso, o horário das refeições acaba sendo um momento traumático não só para os filhos como para os pais. A chef e nutricoach Eliane Kina, de São Paulo (SP), que ministra aulas de culinária para crianças de cinco a dez anos, dá dicas para atrair os pequenos para a cozinha:

1) Organize tudo antes e planeje receitas variadas, que estimulem conhecer novos alimentos todos os dias.

2) Deixe a criança colocar a mão na massa. Sob a sua supervisão, incentive a participação dela durante todo o processo. Ela sentirá valorizada e confiante.

3) Apresente o alimento como se fosse algo único e precioso. Por exemplo: “Veja como essa manga é bonita! Sinta como ela é cheirosa, doce e suculenta! ”. Incentive a criança a usar os cinco sentidos na hora de comer. Assim, ela vai descobrir novas cores, sabores e aromas.

4) Elogie cada mudança alimentar da criança, por menor que seja. Toda vez que ela experimentar algum alimento novo, diga algo como “Que bom que você se permitiu experimentar! Tenho certeza que da próxima vez você vai gostar muito mais! ”.

5) Mostre que cada alimento tem características diferentes. Por exemplo, o abacaxi é áspero por fora, mas que é suculento e doce por dentro.

6) Decore o prato com ervas aromáticas. Cultive uma hortinha em casa ou na varanda do apartamento.

7) Prepare uma bela mesa e desperte o prazer de comer em família. Estudos mostram que uma refeição por dia, feita em família, melhora a autoestima da criança.

8) Mostre que servir o outro é uma forma de amar, que cada ingrediente que ingerimos é um nutriente para a saúde e que escolhas nutritivas nutrem o corpo e a alma.

9) Incentive a criança a montar sua própria lancheira. Ensine-a a preparar sanduíches, sucos de frutas, biscoitos e bolos caseiros.

10) Mostre que cozinhar é legal e não dá trabalho se todos colaborarem, que cozinhar não é perigoso e que não é função exclusiva dos adultos. Uma criança incentivada a cozinhar em família normalmente come de tudo e faz escolhas alimentares melhores quando cresce.