Dicas para facilitar a amamentação

A pega correta é essencial, assim como encontrar a posição ideal

O aleitamento materno é um importante aliado na saúde de mães e filhos. Amamentar reduz a mortalidade neonatal, evita desnutrição, e doenças como pneumonia e alergias. Para as mães, diminui o risco de câncer de mama e ovário e ainda ajuda a emagrecer depois do parto. De acordo com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), bebês de até seis meses devem ser alimentados exclusivamente com leite materno. Após esse período, a alimentação pode ganhar reforços, mas recomenda-se que a amamentação continue até o segundo ano de vida da criança.

Para facilitar o processo, a Alô Bebê, rede de lojas de artigos infantis, selecionou algumas dicas:

Limpeza | Lave mãos e mamilos antes e depois da amamentação e seque-os com cuidado.

Saiba a pega correta | Não é preciso empurrar a cabecinha do bebê em direção ao seio. Basta encostar o mamilo em sua bochecha e guiá-lo na direção certa.

Procure um lugar calmo | No início, prefira lugares mais tranquilos e confortáveis para amamentar.

Não se preocupe com o tempo | Evite ficar olhando para o relógio enquanto amamenta. Isso pode deixa-la ansiosa. Preocupe-se apenas em amamentar o tempo necessário.

Encontre a posição ideal | O mais recomendado é que o bebê esteja de frente para o peito e com a barriga junto da barriga da mãe.

Massageie os seios | Eles podem ser estimulados duas vezes ao dia para auxiliar a descida do leite, bem como salientar o bico, facilitando a pega do bebê.