Seu filho enjoa quando viaja?

Especialista ensina truques para evitar a cinetose

É comum bebês e crianças terem náuseas e vomitarem em veículos em movimento. Trata-se de uma reação do organismo chamada cinetose.  Ela pode ocorrer em resposta a um movimento real, mas também se manifestar frente a um movimento virtual (sensação de movimento quando, na verdade, é o campo visual que se move). O conflito que desencadeia a reação ocorre no cérebro, em áreas especificas conhecidas como hipocampo e córtex vestibular.

Sintomas

A otorrinolaringologista Jeanne Oiticica, do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, explica que a cinetose tem origem genética, por isso, algumas crianças são mais predispostas que outras. Palidez, sudorese fria, apatia, hipotensão, bradicardia (redução da frequência cardíaca), náuseas e vômitos fazem parte dos sintomas, assim como dor de cabeça e tontura.

O que fazer?

Confira abaixo orientações da médica sobre como agir se o seu filho sofre com a cinetose:

* Evite gatilhos antes de entrar num veículo em movimento (ou até brincar no gira-gira, por exemplo), como privação do sono, abusar de doces e sal. Uma dieta rica em proteínas 30 minutos antes pode ajudar.

* Durante a viagem, procure criar um ambiente relaxante, com música baixa e tranquila.

* Não fume perto da criança.

* Ensine a criança a respirar profunda e lentamente.

* No caso de crianças maiores, ela pode procurar fixar o olhar num ponto ou no horizonte.

* Evite olhar para a tela de tablets, ler livros ou outros estímulos visuais quando estiver em movimento.

* Existem exercícios físicos conhecidos como reabilitação vestibular, que servem para fortalecer os reflexos do labirinto e minimizar os sinais e sintomas da cinetose.