O que fazer primeiro: musculação ou aeróbio?

Escolha depende do objetivo do treino

Muita gente ainda tem dúvida sobre qual treino fazer primeiro: a musculação, para o ganho de massa, ou o aeróbio, para a queima de gordura? Ambos são muito importantes para o corpo, e necessárias para o bom condicionamento físico.

O educador físico Thiago Moreira, da rede de academias Smart Fit, explica que a ordem de realização vai depender do objetivo principal de cada pessoa. “Se o aluno treina para ganhar massa muscular, e a queima de calorias será somente uma consequência, então a recomendação é realizar a musculação antes do treino aeróbio”, diz.

Caso o treino cardiovascular seja feito primeiro, ele pode drenar boa parte da reserva de energia que será usada, depois, pelos músculos.

Perda de peso como objetivo

Já se a meta for o emagrecimento e a melhora do condicionamento cardiorrespiratório, é importante praticar primeiro os exercícios aeróbios. “Para obter a melhor performance no treino, é preciso que os estoques de energia estejam elevados desde o início. Assim, dá para aumentar a intensidade e, consequentemente, o gasto calórico”, diz o especialista.

Hipertrofia

E tem mais: o aluno que já treina há bastante tempo e que está em busca de hipertrofia muscular, deve fazer um intervalo de 6 a 24 horas entre as duas modalidades. Outra dica do professor é realizar o treino HIIT, pois ele demanda menos tempo, e assim, tem menos chance de diminuir os efeitos do treinamento aeróbio no aumento da força e massa muscular.

Musculação acelera gasto calórico

Por fim, é importante lembrar que a musculação é importante também para quem busca o emagrecimento. “Se engana quem pensa que, para queimar gordura, é preciso focar somente em exercícios aeróbicos. A massa muscular faz com que o metabolismo acelere e, consequentemente, aumente o gasto calórico”, diz Thiago.