Alimentos que desintoxicam o organismo

09/08/2018 | Da Redação
NutriçãoNutrição Destaque
Facebook twitter E-mail Imprimir

Conheça os benefícios de cada item e prepare refeições nutritivas

alimentos e sucos para desintoxicar o organismo

O nosso corpo tem o poder de se desintoxicar sozinho. Porém, com o estresse, a má alimentação e a correria do dia a dia o organismo precisa de uma ajudinha extra. É aí que entram os alimentos. “A Nutrição Funcional utiliza os princípios da desintoxicação para ajudar o organismo a eliminar toxinas e outras substâncias prejudiciais à saúde. Desta forma, nutre o corpo sem sacrifícios, aumenta a disposição, promove o emagrecimento e ainda melhora o sistema imunológico”, explica Maria Fernanda Cortez, nutricionista e consultora da Boali, rede de alimentação saudável.

De acordo com a especialista, esse tipo de dieta melhora o humor, o raciocínio, a memória e a disposição, além de tornar a pele e os cabelos mais bonitos, ajudar no controle do apetite, aumentar a produtividade e acelera o metabolismo. “Isso porque os alimentos detox são ricos em fibras e fitoquímicos (como quercetina, resveratrol, dialil, sulforafanos) que participam de processos específicos de limpeza do organismo”, ressalta. Veja abaixo os benefícios dos seis principais ingredientes detox e prepare nutritivas refeições.

Folhas verdes | Ricas em clorofila, que protege o corpo de toxinas ambientais como metais pesados, herbicidas e pesticidas. Além disso, possuem fibras e micronutrientes, melhoram o trato gastrointestinal e favorecem a eliminação das toxinas. Couve, espinafre e agrião são bons exemplos.

Vegetais crus | Ajudam o fígado a eliminar as toxinas durante o processo de limpeza. Também são ricos em enxofre, que ajuda a desintoxicar. Aposte no brócolis, cenoura e abobrinha.

Frutas Vermelhas | Ricas em vitamina C (que participa da formação do colágeno), ácido elágico – que previne rugas – e antocianinas, as frutas vermelhas melhoram o sistema imunológico, a atividade enzimática e a expressão de genes. Consuma morango e amora.

Grãos e leguminosas | Oferecem as fibras, que retardam a absorção de glicose, evitando picos de glicemia e também têm impacto na absorção de gorduras. Chia e linhaça são boas opções.

Sementes e oleaginosas | Contêm ômega 3, que mantém a parede do intestino lubrificada, para facilitar a eliminação de toxinas. Coloque castanha-do-pará e nozes no cardápio.

Raízes e tubérculos | Fornecem energia para o organismo, além de serem ricos em nutrientes. Mandioquinha e batata-doce são bons exemplos.