Crianças x alimentação saudável

Apresentar alimentos frescos e naturais desde cedo promove a aceitação dos pequenos
Kid.

Todos os pais têm uma mesma preocupação: a qualidade da alimentação das crianças.

Christine Bruder, psicóloga, especialista em desenvolvimento infantil de zero a três anos e diretora do Primetime Child Development, berçário de São Paulo (SP), afirma que para que os pequenos se alimentem corretamente é necessário criar uma rotina e oferecer, desde cedo, uma variedade de alimentos para que elas possam escolher dentre as opções disponíveis, além de despertar o interesse e aceitação por diferentes sabores.

“No Primetime os pratos preparados por nossa nutricionista de plantão precisam ter pelo menos quatro cores, e são compostos em grande parte por grãos integrais. Oferecemos ainda, pelo menos uma vez na semana, um peixe rico em ômega 3, como salmão ou atum.  E os sucos dos lanches combinam frutas com legumes e verduras como couve e espinafre”, explica.

O ideal é oferecer sempre alimentos frescos, naturais e que não sejam industrializados, além de estimular o aprendizado dos pequenos com os adultos. Envolver as crianças no preparo e na escolha do cardápio é uma ótima maneira de conscientizá-las sobre a importância de uma alimentação saudável e equilibrada.

“No berçário, as crianças de três a quatro anos fazem seu próprio prato, aprendendo com a orientação da educadora ou nutricionista a fazer escolhas saudáveis. Assim, eles se servem com o que gostam e criam bons hábitos alimentares que serão levados por toda a vida”, ressalta.