O que comer no jantar?

A refeição deve ser equilibrada nutricionalmente de acordo com a necessidade de cada um

Quando se pratica esportes, a dúvida sobre o que comer no jantar se torna ainda mais especifica: segundo Marcia Simões, médica e diretora técnica da Eden Clinic, em Curitiba (PR), o mais importante é considerar o estado nutricional atual, ou seja, se o peso está dentro da normalidade, se há sobrepeso ou se está abaixo do peso. Também vale saber se o metabolismo é acelerado e se perde peso com facilidade.

Como montar o prato?

Quem deseja perder peso deve evitar carboidratos no período noturno. O prato deve ter  proteína (como carne, peixe ou ovos), legumes e saladas.

“Uma dica bem legal para o inverno é fazer uma sopa com esses mesmos ingredientes”, sugere. Já para quem tem peso adequado ou quer aumentar a massa magra, a médica sugere o acréscimo do carboidrato nessa refeição da noite.

“O consumo de gorduras saudáveis na janta, como a das carnes de animais, o óleo de coco, oleaginosas (castanhas, nozes, pistache dentre outros), da manteiga ghee, banha de porco, do bacon, abacate e da gema de ovo, por exemplo, também são muito importantes, pois são a base para a formação de todos os nossos hormônios, principalmente a testosterona, fundamental na produção de músculos e aumento da força e performance física”, diz Marcia.