Homeopatia veterinária é especialidade em ascensão

A prática leva em conta a saúde do pet como um todo

Levando em consideração as necessidades únicas de cada indivíduo, sob aspectos físicos, comportamentais e de relacionamento com outros seres e o ambiente em que vive, e buscando, sobretudo, seu bem-estar e tratamento holístico, a homeopatia tem se destacado também na medicina veterinária.

Reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) como especialidade desde 2014, a homeopatia veterinária conta atualmente com apenas 12 profissionais com título de especialista no Brasil, sendo três no Estado de São Paulo.

Processo natural de cura

A homeopatia veterinária segue o mesmo princípio da especialidade utilizada nos tratamentos humanos, ou seja, de que o corpo possui a capacidade de se curar e, portanto, as fórmulas homeopáticas teriam a função de auxiliar a melhorar os processos naturais de cura e reequilíbrio do organismo.

Portanto, os tratamentos homeopáticos na medicina veterinária também levam em consideração as características individuais de estilo de vida, alimentação e ambiente para que o equilíbrio do organismo do animal seja uma estratégia de cura ou de ampliação do bem-estar.

Falta de informação

O veterinário Fábio Manhoso, presidente da Comissão Técnica de Homeopatia Veterinária do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo (CRMV-SP), explica que a especialidade já deixou para trás o seu estigma de terapêutica alternativa. “O único paradigma é a falta de informação.

O médico-veterinário muitas vezes vê apenas sinais clínicos. Nós, médicos-veterinários homeopatas, temos que enxergar o paciente de uma forma geral, de maneira holística. É isso que pregamos com essa especialidade”, afirma.