Problemas bucais: conheça as principais causas e as soluções

Especialista indica medidas eficazes para acabar com esses transtornos
mulher no dentista para investigar problemas bucais
Beautiful girl having mouth checkup

Apesar de 89,1% das pessoas dizerem que escovam os dentes ao menos duas vezes ao dia, apenas 53% delas utilizam o fio dental e a pasta em conjunto com a escova de dente, o que pode ocasionar doenças. Além disso, outros fatores comuns do dia a dia podem desencadear problemas bucais. Confira abaixo alguns deles.

Consumo de açúcar | O açúcar é um dos principais responsáveis pela doença infecciosa de maior incidência na espécie humana, a cárie. Aproximadamente 2,4 bilhões de pessoas no mundo têm cárie. Djalma Faria ortodontista de Amparo (SP), conta que tudo depende do pH e da bactéria da boca do paciente, mas a solução é uma escovação bem-feita, sempre utilizando o fio dental, além de buscar opções diferentes para o consumo, como adoçantes naturais e alimentos com baixo teor de açúcar, como verduras, que ainda ajudam na mastigação.

Acesso ao dentista | Cerca de 20 milhões de brasileiros não têm acesso ao dentista, e, de acordo com o IBGE, mais da metade que têm acesso não se consulta anualmente. “O maior problema de demorar para se consultar é que uma doença que poderia ser simples, como por exemplo as próprias cáries, o mau hálito e a gengivite, se agravam com o tempo e, com o diagnóstico tardio, a cura torna-se cada vez mais difícil. O ideal seria ir ao dentista uma vez por semestre”, opina Faria.

Hipersensibilidade | A hipersensibilidade é a dor intensa e imediata quando o dente é exposto ao frio ou ao calor. A condição afeta quatro em cada 10 pessoas no mundo, especialmente na faixa etária entre 20 e 50 anos. “Escovar os dentes usando muita força, não utilizar o fio dental, colocar grande quantidade de pasta na escova e usar palito de dente são fatores que influenciam a sensibilidade. Cobrir somente metade da escova com pasta já é suficiente para a limpeza e, quando a dor estiver intensa, o uso de creme dental contra a sensibilidade será suficiente para aliviar a dor”, explica.

Vitamina C e perda dentária | A vitamina C é responsável pela manutenção do sistema imunológico, por prevenir o sangramento das gengivas e a diminuição da massa óssea, o que pode levar à perda dos dentes. “A ausência da vitamina C pode causar doenças como o escorbuto, em que os principais sintomas são hemorragias nas gengivas e desestabilização dos dentes. A vitamina está presente em frutas como laranja, limão, abacaxi e kiwi e vegetais como brócolis e espinafre.