Alteração nas unhas pode indicar problemas de saúde

Elas podem indicar desde carências de vitaminas a câncer de pele

As unhas não têm apenas função estética. Além de oferecer proteção às pontas dos dedos, também servem para indicar quando algo pode estar errado em nosso organismo. “O diagnóstico das unhas pode indicar desde doenças sérias até falta de vitaminas”, diz a dermatologista Valéria Marcondes, de São Paulo (SP).

Por isso, é interessante sempre observar o estado delas. “Porém, dificilmente uma doença será descoberta somente por conta dessas mudanças. É importante que a suspeita de doenças sérias seja avaliada com diferentes tipos de exame até o diagnóstico final”, completa. A seguir, a médica indica quais as principais alterações que podem mostrar que algo não vai bem:

Quebradiças e com manchas brancas | Podem representar tanto uma alergia simples causada por produtos como esmaltes, detergentes e sabonetes, como ser indícios de problemas relacionados a carência de ferro, ácido fólico e vitamina B12.

Alargadas, curvadas para baixo e com coloração arroxeada | Podem sinalizar, por exemplo, doenças cardíacas e problemas que afetam a circulação, como asma e bronquite.

Amareladas, grossas e com dificuldade de crescer | Podem indicar doença pulmonar ou artrite reumatoide.

Descolamento da unha, coloração preto-esverdeada, vermelhidão e inchaço | Estes sinais podem ser resultado de uma infecção bacteriana ou fúngica grave.

Depressões em formato de pontos, superfície rugosa e enfraquecimento | Podem ser sinal de psoríase.

Grossas, avermelhadas e com pequenas veias ao redor | Podem indicar diabetes, se acompanhado de micoses frequentes, engrossamento e endurecimento das pontas dos dedos.

Manchas escuras | Quando surgem sob a pele, podem estar relacionadas a micoses, uso de alguns medicamentos e pequenos traumatismos. Mas também podem indicar, em casos mais graves, um câncer do tipo melanoma.