Alterações na tireoide são perigosas para o coração

Entenda como os distúrbios desse hormônio agem na saúde cardíaca 

Um estudo da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, mostrou que o excesso ou a falta do hormônio TSH, produzido pelo cérebro e responsável por regular a atividade do hormônio da tireoide, pode ter efeitos sobre a saúde do coração.

Tanto o hiper quanto o hipotireoidismo podem desencadear diabetes e doenças cardiovasculares. Isso porque problemas na tireoide provocam frequência cardíaca irregular e má circulação sanguínea. “Isso pode levar até a insuficiência cardíaca, que é uma condição na qual o coração não consegue bombear sangue o suficiente para o corpo inteiro. Caso o tratamento seja rápido e adequado, esses problemas podem ser revertidos a tempo”, diz o cirurgião cardíaco Marcelo Sobral, de São Paulo (SP).

Controle da doença

Ter uma dieta balanceada, praticar exercícios para fortalecimento dos músculos e realizar atividades de relaxamento para diminuir o estresse ajudam no controle da doença. Porém, como as atividades físicas estão relacionadas ao metabolismo, é de extrema importância consultar um médico antes de iniciar uma nova rotina de exercícios, a fim de evitar aqueles que possam trazer algum perigo para pacientes com hipertireoidismo, por exemplo.